Janeiro 06 2015

«em breve no meu proximo livro»

publicado por Angelique Barros às 22:33

Novembro 26 2014

Olha nos meus olhos,diz que e mentira. Olha e veras a dor como uma lamina na minha pele, veras o sangue nas minhas lagrimas. Fiz um pacto com o diabo e morro aos poucos por dentro...cada dia cada momento em que o teu olhar pousa em mim,leve como uma pena mas pesado demais.Olha para mim como se nunca mais pudesses olhar, e diz me o que tanto quero ouvir. Nao ha nada no escuro e tenho medo,preciso que me abraçes com toda a tua força, quero sentir a tua pele como se fosse minha. Prometi esquecer, nao jogar mais com a loucura que penetrou na minha alma...nao quero vender a alma ao diabo. O jogo terminou.

publicado por Angelique Barros às 21:49

Novembro 06 2014
As vezes nao sei se me ouves,
As vezes nao sei se existes....
As vezes das me tudo,
As vezes roubas me!
Estas ai?
As vezes peço te um sinal
Atiras me uma pedra..
Chega de fingir, chega de testes..
Sabes que passei com nota 20,
Sabes que me levanto sozinha
Sabes que luto mesmo sem armas.
As vezes parece que existes,
Por isso apanho as pedras e construo um castelo!
publicado por Angelique Barros às 00:11

Agosto 19 2013

Em breve tudo fará sentido, cada segundo passado dentro de mim em que te imaginei pequena princesa, todo este tempo de espera e de algum sofrimento do qual em nenhum momento me arrependo fará sentido, quando olhar nos teus olhos e tu nos meus...

 

Em breve estarás nos meus braços fracos e ansiosos por te abraçar, nos braços da mana que te ama com todas as suas forças cada dia cada vez mais, nos braços do teu pai fortes e tensos prontos a tudo para te proteger...

 

Em breve serás mais um ponto fraco no meu coração fácil de magoar, terei de amar a dobrar, sofrer a dobrar por dois corações que baterão fora de mim, mas sem o batimento dos quais eu serei incapaz de viver.

Por vezes penso como será, terei coragem para derrubar os obstáculos da força do amor, terei forças para enfrentar um turbilhão de novas emoções, sentimentos, novos desafios que ultrapassam o possível?

 

Por amor vou rir quando me apetecer chorar, por amor vou ser forte quando não terei mais forças, por vocês vou dar todo o sangue do meu corpo...e quando ouvir a vossa voz chamar Mãe, quando sentir as vossas pequenas mãos agarrar as minhas não haverá medo que me assuste ou batalha que eu não consiga ganhar.

 

Por amor seremos capaz de tudo. Não temas pequena princesa, em breve verás estamos aqui Mãe, Pai e Mana para te amar.

 

publicado por Angelique Barros às 10:10

Junho 06 2013

Devia odiar-te,

pelo passado que recordo com saudade,

o passado que o tempo não traz de volta e que um dia se apagará.

Foste o que eu não fui e foste onde eu nunca pensei ir, sem mim,

e odeio-te por não me teres levado contigo.

Odeio-te pela doçura dos teus beijos,

pela suavidade do teu toque na minha pele,

odeio-te por toda a tua delicadeza que me iludiu.

Eras aquilo que eu nunca pensaria encontrar 

e agora sei que jamais serás tu.

O tempo passa e faz me odiar-te mais e mais,

por me teres dado tudo,

por me teres roubado tudo...

deio-te porque do nosso sonhos fizeste um pesadelo.

Odeio-te porque um dia te amei demais.....

publicado por Angelique Barros às 22:15

Maio 02 2013

Amanhã é dia de reviver tudo, de ver o teu quarto vazio de vida, repleto de coisas tuas.

As roupas que já não vais vestir nunca mais, as recordações que te oferecemos em ocasiões especiais.

Gostava que ficasse tudo no sitio....para sempre embora tu já não estejas cá.

Amanhã é dia de entrar nesse mesmo quarto, sentar-me na tua cama como sempre fazia quando chegava para te dar um beijinho,

mas amanhã só me resta chorar porque já não estarás quando eu chegar.

Amanhã é dia de voltar a cheirar o teu cheiro antigo que tantas vezes me irritava e do qual vou acabar por ter saudades,

vou voltar a por o meu coração a prova e a força que não tenho...

Penso em ti cada dia que passa porque a distância só prolonga a minha dor, na verdade já me tinha esqueçido que foste embora para sempre...

 

 

publicado por Angelique Barros às 21:15

Março 29 2013

Não tentes destruir-me

Irei mais longe em buscas de forças para te derrubar,

Se me apertares o coração

Irei rir até não poder mais,

Não tentes empurrar-me no abismo da tua escuridão,

Irei mais longe do que o fim do mundo para te perseguir.

Não me apunhales pelas costas

Irei olhar te nos olhos e levar-te para lá da morte.

Não temo que me estendas a mão,

Irei cuspir-te na cara.

Não temo ver a tua imagem sempre que fechar os olhos,

Quando os abrir verei o melhor do mundo.

A vida não acaba quando me abraças,

A vida começa porque me dás forças para te destruir.

 

Não tentes trair-me,

Irei mais longe do que as lágrimas que fazes correr no meu rosto,

E serei eu a apunhalar-te,

Olhos nos olhos.

publicado por Angelique Barros às 19:07

Dezembro 08 2012

Meu Anjo, 

 

Sinto te seguir-me quando já não me apetece caminhar, obrigado por me empurrares.

Sinto-te iluminar-me quando não vejo, obrigado por não me deixares cegar.

Sinto-te abraçar-me bem forte quando me apetece acabar com tudo, obrigado pelo teu conforto.

Sei que todos os dias estás ao meu lado....obrigado por não me abandonares.

 

Não sei em que parte do mundo estás, se me ouves, mas cada dia que passa tenho mais a certeza que estás sempre a meu lado.

Anjinho obrigado.

publicado por Angelique Barros às 00:44

Dezembro 08 2012

As vezes espetas a faca devagar com toda a tua força bem fundo, destróis os meus sonhos, o céu cai...

Tiras a faca devagar, dói, continua a doer mas eu volto a reconstruir tudo.

As vezes caminhamos juntos de mãos dadas, e eu sonho, acredito na felicidade.

Salto por cima das poças e recolho as pedras para construir o nosso castelo.

Mas tu olhas me nos olhos e desfazes tudo.

Não sei se o vejo, o teu amor, não sei se é o teu amor que eu tenho sentido.

As vezes a faca é tão grande que me atravessa, as vezes ela marca o meu peito....

publicado por Angelique Barros às 00:12

Julho 13 2012

Hoje faço 30 anos, quando olho para traz há tanto para recordar.... coisas que jamais quero esquecer.

Futuro? Não sei, mas gostava que fosse uma melhoria do passado.

 

Aprendi muito, mas quero aprender mais,

Amei muito, mas quero amar mais...

Não tenho medo, sei que me proteges.

Vou desviar as pedras, caminhar contra o vento,

Vou ganhar as batalhas, vencer as conquistas.

Vou Chorar e vou sofrer....

Estarás para me abraçar, estarás para me fazer sorrir.

Aprenderei muito mais,

Vou saltar por cima das poças,

Rasgar o nevoeiro,

Vou afiar a faca

E matar a tristeza.

Quero viver, quero viver cada vez mais.

Vou gritar alto, vou cantar baixinho.

Vou te apertar, com toda a minha força...devagar...

Vou olhar em frente,

Assustar o medo,

Quero sonhar, quero fazer dos sonhos realidade.

Quero conseguir,

Vou correr até os alcançar.

Vou esperar, mas vou ser feliz.

Irei onde o sol não nasce,

Irei onde a Lua dorme.

Estarás sempre comigo,

Estarei sempre contigo.

 

 

Vou amar-te mais, vou amar-te muito mais.

Sempre.

 

publicado por Angelique Barros às 00:07

Janeiro 2015
Dom
Seg
Ter
Qua
Qui
Sex
Sab

1
2
3

4
5
6
7
8
9
10

11
12
13
14
15
16
17

18
19
20
21
22
23
24

25
26
27
28
29
30
31


favoritos

Anjo

links
pesquisar
 
Online
subscrever feeds
blogs SAPO