Maio 24 2010

NÃO ME APETECE ESTAR SOZINHA!

publicado por Angelique Barros às 23:13

Maio 18 2010

Dói quando a minha princesa chora, dói tanto que o meu coração fica pequenino.

É impossivél imaginar a vida sem ela, é ela o meu sorriso, é ela minha luz, é ela a razão pela qual o meu coração bate.

 

 

Anjinho,protege a minha menina e se for necessário dá-lhe a minha vida.

publicado por Angelique Barros às 21:30
Tags:

Maio 18 2010

Desafio, tentem ver sem ficar com o coração apertado....

publicado por Angelique Barros às 21:18

Maio 18 2010

Mãe, nunca mais vi crocodilos cor de rosa....

 

E eu: Hum, ai não filha? deixa lá....

 

Mãe eu quero ir ao espaço numa nave espacial.

 

Ai meu Deus, ok filha um dia vamos....

 

 

Mais uns dias felizes no País dos sonhos da minha Princesa...

 

 

 

publicado por Angelique Barros às 00:15

Maio 18 2010

Um peido com casca

Não te rias … se fores capaz !!!

 

Imagina a cena…
Um miudo estava a brincar no apartamento com um balão de festa de anos.
Chutava para cá, chutava para lá, até que o balão acabou entrando na casa de banho e foi cair justamente dentro da retrete.

Ele chegou, espreitou lá para dentro, viu o balão molhado, ficou com nojo e deixou-o ali mesmo.

Pouco tempo depois o seu pai entrou apressado para se ‘desocupar’ e sentou-se sem notar o balão. O almoço tinha sido muito pesado, e após
ficar bem aliviado, olhou como era hábito, para dentro da retrete e ficou horrorizado com o espectáculo.

As suas fezes, muito moles, tinham coberto o balão e a impressão que se tinha era de um imenso, um absurdo, um gigantesco bolo fecal! Sem
acreditar naquilo, começou a ficar muito branco, e dali mesmo ligou pelo telemóvel, para um seu amigo que era médico:

- Cardoso, acho que devo estar com algum problema sério ! Enchi a retrete de trampa. Nunca vi tanta assim na minha vida!… está á quase
a extravazar!

– Oh Anselmo, com certeza que estás a exagerar!

– Qual exagero, qual quê !!! Estou na casa de banho a olhar para este ‘merdel’ todo, agora! Isto é um absurdo! Estou muito doente!!!

– Bom, eu já estava de saída do consultório. Aproveito e passo aí que é a caminho de minha casa!

O médico chega e vai directo ao amigo, que estava à espera à porta da casa de banho.

- Olá, Anselmo, ora vamos lá ver isso que vo………… CÉUS!!! O que é isto??? Que é que tu comeste, criatura???

– Eu não disse?! Agora acreditas?!

– Isto é incrível !

– Então, será que tenho algum problema sério?!

– Olha, o melhor é levar uma amostra disto e mandar para análise!

O médico saca de uma pequena espátula e um frasco esterilizado da sua maleta e quando espeta o ‘bolo’ para retirar uma amostra do material…………

BUMMM!!!!!!!!!!! O balão estoura e voa merda para todo o lado !
Seguem-se instantes de absoluto silêncio.

Os dois amigos, completamente cagados, olham-se.
Estupefacto, o médico berra:

- Puta que pariu isto !!!! Achava eu, em 30 anos de medicina que já tinha visto de tudo, mas um peido com casca, NUNCA !!!

publicado por Angelique Barros às 00:10

Maio 17 2010

Lembrei-me do nosso amor, da distância, da saudade.

Lembrei-me da felicidade que me davas, do primeiro encontro, do primeiro beijo.

Lembrei-me da primeira vez que te olhei nos olhos e jamais me consegui libertar.

Lembrei-me de ti e chorei.

 

 

Tudo começou e acabou num raio dum maldito comboio!!!

 

Tudo o que espero é que tenhas encontrado a felicidade verdadeira, tal como eu, foste o meu primeiro verdadeiro amor e é impossível esquecer-te mas se soubesse o quanto feliz e amada sou hoje...

 

P.s: Se passares por mim na rua ...Rói-te de inveja! hehehe

publicado por Angelique Barros às 23:57

Maio 17 2010

 

publicado por Angelique Barros às 23:39

Maio 17 2010

Geralmente não sou muito de reencaminhar estes emails, mas para ser sincera quando recebo este texto, chorei e não resisti...

 

 

Fui à festa, mãe. Fui à festa, e lembrei-me do que me disseste. Pediste-me que eu não bebesse álcool, mãe... Então, bebi uma 'Sprite'. Senti orgulho de mim mesma, exactamente o modo como me disseste que eu me sentiria. E que não deveria beber e de seguida conduzir.
Ao contrário do que alguns amigos me disseram. Fiz uma escolha saudável, e o teu conselho foi correcto.
Quando a festa finalmente acabou e o pessoal começou a conduzir sem condições, fui para o meu carro, na certeza de que iria para casa em paz...
Eu nunca poderia esperar... Agora estou deitada na rua e ouvi o policia dizer: 'O rapaz que causou este acidente estava bêbado'.

Mãe, a voz parecia tão distante... O meu sangue está por todo o lado e eu estou a tentar com todas as minhas forças não chorar...

Posso ouvir os paramédicos dizerem: 'A rapariga vai morrer'...Tenho a certeza de que o rapaz não tinha a menor ideia, enquanto ele estava a toda velocidade, afinal, ele decidiu beber e conduzir!! E agora eu tenho que morrer. Então... Porque é que as pessoas fazem isso, mãe? Sabendo que isto vai arruinar vidas? A dor está a cortar-me como uma centena de facas afiadas.
Diz à minha irmã para não ficar assustada, mãe, diz ao pai que ele tem que ser forte. Quando eu partir, escreva 'Menina do Pai' na minha sepultura...
Alguém deveria ter dito àquele rapaz que é errado beber e conduzir. Talvez, se os pais dele o tivessem avisado, eu ainda estivesse viva...
Minha respiração está a ficar mais fraca mãe, e estou a ficar realmente com medo. Estes são os meus momentos finais e sinto-me tão desesperada...

Gostaria que tu pudesses abraçar-me mãe, enquanto estou aqui esticada a morrer, gostaria de poder dizer que te amo mãe...
Então... Amo-te

Adeus...'
________________________________________
Estas palavras foram escritas por um repórter que presenciou o acidente. A jovem, enquanto agonizava, ia dizendo as palavras e o jornalista ia anotando...
Muito chocado. Este jornalista iniciou uma campanha.

Com este pequeno gesto podes marcar a diferença. Então, manda-a para todas as pessoas que conheces.

publicado por Angelique Barros às 23:20

Maio 06 2010

Voilá, desde que voltei a conduzir acho que me tornei numa louca...a sério só me apetece dizer asneiras, fazer gestos feios e pior que tudo estou viciada na buzina.É verdade, buzino e digo palavrões por tudo e por nada. Porquê?

-Porque existe o pessoal que compra carros sem pisca;

-Porque o pessoal adormece nos semáforos;

-Porque ninguem me deixa fazer manobras descansada;

-Porque existem gajos espertos que me colam...ai ai que vou travar...

-Porque as gajas vão ao telemóvel, a pintar os olhos, a comer, a ler...enfim fazem tudo menos conduzir e depois vão a 30km/hora...xô galinha sai da frente...

-Porque os Srs dos BMW pensam que podem fazer tudo o que querem.

 

Oh pá não há pachorra! Piiiiiiiiiiiiiiiiiiiiiiiiiiiiiiiiiii

 

 

Foto retirada da net

 

 

P.s: Obrigado ao pessoal que se lembra de lavar o pára-brisas enquanto espera para entrar nas rotundas...

publicado por Angelique Barros às 21:31

Maio 2010
Dom
Seg
Ter
Qua
Qui
Sex
Sab

1

2
3
4
5
6
7
8

9
10
11
12
13
14
15

16
19
20
21
22

23
25
26
27
28
29

30
31


favoritos

Anjo

links
pesquisar
 
Online
subscrever feeds
blogs SAPO