Março 05 2008
Sempre me senti desamparada sem a tua presença, sentia que o mundo desabava aos meus pés sempre que pensava em ti, e que jamais seria feliz. As vezes ouvia a tua voz baixinho no meu ouvido, fazias-me acreditar que a vida não tinha acabado. Eras meu amigo, meu Anjinho e sem ti nada fazia sentido. Mas agora que a minha vida tem um novo rebente, agora que meu coração se sente novamente preenchido, e apesar de nada neste mundo apagar a dor que me causas eu sei que foste tu, sei que foste tu que sempre me deste a mão quando me sentia a cair no abismo, sei que és tu que me levantas quando eu caio no chão, sei que és tu quem me abraça no frio da noite. Anjinho estás sempre para sempre presente e hoje sei que se me deres a mão, não temo nada!
                                                                                                                                            Obrigado Anjinho.
publicado por Angelique Barros às 01:00

De
  (moderado)
Nome

Url

Email

Guardar Dados?

Este Blog tem comentários moderados

(moderado)
Ainda não tem um Blog no SAPO? Crie já um. É grátis.

Comentário

Máximo de 4300 caracteres



Copiar caracteres

 



O dono deste Blog optou por gravar os IPs de quem comenta os seus posts.

Março 2008
Dom
Seg
Ter
Qua
Qui
Sex
Sab

1

2
3
4
5
6
7
8

9
10
11
12
13
14
15

16
17
18
19
21
22

23
24
25
26
27
28
29

30
31


favoritos

Anjo

links
pesquisar
 
subscrever feeds
blogs SAPO