Junho 18 2007

.................Uma mera diferença de cores............

 

           *Dedicado à minha Amiga Fatou pelas lágrimas que me secou, pelos momentos inesquecíveis, pela tua amizade*

 

Nasci nos subúrbio de França em 1982, Clichy-Sous-Bois localidade recheada de imensos tipos de raças.  Os Beur (Arabes), os Black ( Africanos e Franceses), os Turk ( Turcos),os Portoutgaie (Portugueses), os Ri (Chineses e Japoneses), e muitos outros Polacos, Indianos...etc.... Na minha turma de 20 alunos éramos todos de cores e religiões diferentes.

Em 14 anos de vida nesta "mistura étnica" nunca tive problemas, nunca houve separação de cores no meu grupo, e o meu primeiro amor o Samory era mulato de olhos verdes e lindo de morrer...

Um dia uma desconhecida acusou-me de ser racista e é também a ela que dedico este texto.

 

Fatou,

Nem imaginas como sinto a tua falta, a tua pele escura, teus olhos pretos, teus 12 irmãos que corriam para os meus braços, sempre que te ia buscar em caminho da escola.

As vezes que eu telefonava a minha mãe para não cozinhar carne de porco, as vezes que eu não comia nem bebia para te ajudar no Ramadão, as vezes que fizeste asneiras por minha culpa, as vezes que fiz asneiras por tua culpa.

Éramos tão diferentes e tão iguais, quando choravas eu ficava triste, quando rias eu ria contigo, davas me a mão para me ajudar a levantar quando caia, um abraço em cada despedida...

Amiga nunca te esquecerei, por mais escura que fosse a tua pele, por mais diferente que fosse a tua religião, teu coração era igualzinho ao meu, as tuas lágrimas idênticas as minhas. Estás sempre e para sempre no meu coração!

 

Infelizmente nunca mais vi Fatou, foi obrigada a casar com um desconhecido aos 15 anos. Soube por outras minhas amigas que aos 18 já tinha 3 filhos e que nunca mais voltaria a França. Ainda hoje passados tantos anos faria tudo para salvar a minha amiga desta vida...

Porque nem que ela fosse amarela as bolas laranjas, verde ás riscas castanhas a minha amizade por ela não tinha a ver com a cor, a religião, os hábitos, éramos amigas e pronto.

 

..............................uma grande amizade.....................................

 

 

 

 

 

 

publicado por Angelique Barros às 16:19

Junho 06 2007


 

Meu Deus, queria que morrer fosse tão fácil como apagar uma vela acesa...

publicado por Angelique Barros às 14:23

Junho 04 2007

 

 

Sei que não voltas,

Mas ainda te espero.

Sei que não há esperança

Mas continuou a rezar.

Sei que és pó na terra

Mas ainda quero abraçar o teu corpo.

Minha alma não descansa,

Meu coração não te alcança...

 

Sei que não voltas,

Sei que nunca voltarás,

Mas ainda te espero.

Sei que tua luz se apagou,

Mas espero que um dia se volte a acender.

Sei que o nosso sonho acabou

Que sem ti é me impossível viver.

 

Sei que não voltas,

Que nunca voltarás

Mas sempre

Para sempre te espero

Porque sei que ao meu lado

tu sempre estás...

 

publicado por Angelique Barros às 11:33

Junho 2007
Dom
Seg
Ter
Qua
Qui
Sex
Sab

1
2

3
4
5
6
7
8
9

10
11
12
13
14
15
16

17
19
20
21
22
23

24
25
26
27
28
29
30


favoritos

Anjo

links
pesquisar
 
Online
subscrever feeds
blogs SAPO