Dezembro 08 2012

Meu Anjo, 

 

Sinto te seguir-me quando já não me apetece caminhar, obrigado por me empurrares.

Sinto-te iluminar-me quando não vejo, obrigado por não me deixares cegar.

Sinto-te abraçar-me bem forte quando me apetece acabar com tudo, obrigado pelo teu conforto.

Sei que todos os dias estás ao meu lado....obrigado por não me abandonares.

 

Não sei em que parte do mundo estás, se me ouves, mas cada dia que passa tenho mais a certeza que estás sempre a meu lado.

Anjinho obrigado.

publicado por Angelique Barros às 00:44

Dezembro 08 2012

As vezes espetas a faca devagar com toda a tua força bem fundo, destróis os meus sonhos, o céu cai...

Tiras a faca devagar, dói, continua a doer mas eu volto a reconstruir tudo.

As vezes caminhamos juntos de mãos dadas, e eu sonho, acredito na felicidade.

Salto por cima das poças e recolho as pedras para construir o nosso castelo.

Mas tu olhas me nos olhos e desfazes tudo.

Não sei se o vejo, o teu amor, não sei se é o teu amor que eu tenho sentido.

As vezes a faca é tão grande que me atravessa, as vezes ela marca o meu peito....

publicado por Angelique Barros às 00:12

Dezembro 2012
Dom
Seg
Ter
Qua
Qui
Sex
Sab

1

2
3
4
5
6
7
8

9
10
11
12
13
14
15

16
17
18
19
20
21
22

23
24
25
26
27
28
29

30
31


favoritos

Anjo

links
pesquisar
 
Online
subscrever feeds
blogs SAPO